TRAÇOS INDIVIDUAIS




NÍVEIS DE ANTÍGENO ESPECÍFICO DA PRÓSTATA (PSA)

 

O antígeno prostático específico (PSA) é uma proteína sintetizada exclusivamente pela próstata. Uma pequena quantidade é encontrada na corrente sanguínea e serve para o diagnóstico, prognóstico e acompanhamento do câncer de próstata e de outras doenças da próstata, como a prostatite. A análise de PSA tem sido amplamente usada para detectar câncer de próstata em homens. Também é usado para monitorar homens que foram diagnosticados com câncer de próstata para verificar se há recorrência após o tratamento inicial ou se há uma reação ao tratamento.

Quanto maior a concentração de PSA, maior é a possibilidade de um homem ter câncer de próstata ou algum outro problema relacionado à próstata. No entanto, existem outras razões para uma concentração elevada de PSA sem que haja um processo maligno. Também pode haver homens com câncer de próstata que não tenham altas concentrações de PSA.

Os valores de referência para o PSA sérico variam dependendo dos diferentes laboratórios, embora o valor normal aceito no momento seja de até 2,5 ng / ml. Sua produção depende da presença de andrógenos e do tamanho da próstata.

 

 

GENE OU REGIÃO ESTUDADA

 

  • CLPTM1L
  • HNF1B
  • 10q11.23